Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



IEG FNP

01/11/2018 - Boi gordo: Negociações evoluem pouco, preços seguem fragilizados

Nesta semana de início do mês de novembro, o mercado físico do boi gordo não reagiu em termos de volume de negociações. Sem alterações na dinâmica do consumo doméstico, que permaneceu retraído mesmo com a aproximação do primeiro final de semana do mês de novembro, as indústrias frigoríficas não alteraram seu posicionamento nas aquisições, limitando-as a um volume suficiente para evitar maiores acúmulos de estoques no atacado. Na perspectiva da oferta, apesar da disponibilidade de animais terminados em regime de confinamento ter começado a se retrair, o atual nível é mais do que suficiente para atender a restrita procura dos frigoríficos, de modo a gerar um cenário de fragilidade para os preços referenciais do mercado. Em termos gerais, as escalas de abate estão mais confortáveis, atendendo cerca de cinco dias úteis, o que também limita as negociações do mercado. Em geral, os preços estão estáveis, com ajustes negativos concentrados nas regiões em que a oferta está mais abundante.

No MT, a disponibilidade de animais terminados em confinamento segue firme, de modo que os preços foram ajustados negativamente em três das cinco praças produtivas da região. A oferta do animal “tipo Europa” também está abundante, de forma que o maior frigorífico da região recuou R$1,00/@ nos pagamentos das bonificações por arroba. No MS, os preços convergiram para os patamares de R$144/@ livre de Funrural, embora ainda existam algumas indústrias dispostas a efetivar compras a R$146/@, nas proximidades da região de Cassilândia. Em SP, os preços estão mais deprimidos, mesmo com a sinalização de que a oferta de animais terminados em confinamento está mais escassa. As referências da região se mantiveram estáveis a R$148/@ livre de Funrural, com registros de tentativas de compras a R$146/@ e até mesmo R$144/@, sem grande sucesso. O volume de negociações registradas no estado é baixo, limitando-se normalmente aos lotes pequenos. Nas outras regiões, a predominância foi de estabilidade com tendência a queda, movimento que deve se alterar levemente para a próxima semana, conforme a diminuição da disponibilidade de animais confinados e a possível recuperação do consumo doméstico.

No mercado atacado, o que predominou foi a fragilidade dos preços. Sem alterações no consumo doméstico, os distribuidores ainda estão limitando suas pedidas, ainda precisando escoar o excedente de mercadorias acumuladas nos entrepostos. Assim, os preços do dianteiro e ponta de agulha caíram cerca de R$0,20/kg, embora os preços do traseiro tenham subido.

 

Fonte: IEG FNP

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações

Informa Economics IEG | FNP

Rua Bela Cintra, 967, 11º. Andar - CEP: 01415-000 São Paulo/SP - Brasil
Tel.: + 55 11 4504-1414 / 3017-6800 Fax: + 55 11 4504-1411