Informa Economics IEG | FNP is part of the Business Intelligence Division of Informa PLC
This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726
Informa



Imprensa

Receba nossa Newsletter



Frete/IEG FNP/Aedson Pereira: fluxo de grãos segue muito lento; ninguém está comercializando

13/06/2018 - Frete/IEG FNP/Aedson Pereira: fluxo de grãos segue muito lento; ninguém está comercializando

O analista de grãos da consultoria IEG FNP, Aedson Pereira, disse que o mercado de grãos continuou travado no final da semana passada. Participantes do setor de soja e milho aguardavam para ver como ficaria a nova versão da tabela, prometida pelo governo e divulgada no começo da noite desta quinta-feira. "O fluxo de negócios de grãos foi muito lento. O mercado está travado, ninguém está comercializando", disse Pereira. "Tradings não estão sinalizando valores de compra para soja e milho, recolheram suas tabelas de preço." O ritmo lento também ocorre na negociação de insumos, sem muitas referências de preço, segundo o analista.

Conforme Pereira, praticamente não saem novas operações de compra e venda de soja e milho. "Os preços são nominais. Tem alguma operação da mão para a boca, para ofertas próximas da zona consumidora. Os negócios estão muito regionalizados." Segundo o analista, mesmo com a possibilidade de elevação de preços por causa do dólar, a maioria dos participantes permanecia fora das negociações, porque o custo do transporte representa um componente importante na formação de preços pagos ao produtor por soja e milho. Pereira ressaltou que a movimentação no setor de proteína animal é mais acelerada porque os maiores frigoríficos têm estrutura de transportes própria. "Isso não acontece no setor de grãos, onde muitas empresas contratam transportadoras."

O analista ponderou ainda que, se a disputa sobre a tabela permanecer ao longo do mês de junho, podem ocorrer problemas e gargalos. Ele estima que 70% a 75% da safra 2017/18 de soja brasileira esteja comercializada, o que significaria aproximadamente 80 milhões de toneladas. "Nós exportamos até o mês de maio cerca de 36 milhões de toneladas de soja e esmagamos aproximadamente 18,5 milhões de toneladas. Sobrariam aproximadamente 30 milhões de toneladas na mão de tradings, cooperativas e esmagadoras." Se forem processados 5 milhões de toneladas em junho e exportados 10 milhões de toneladas, sobrariam outros 15 milhões de toneladas ainda em estoque para os próximos meses. "Por enquanto, não dá para acreditar em washouts (repactuação de contratos)", disse. "O que salva o mercado é o bom porcentual de vendas de 2018. Tem estoque de produto para atender compromissos mais curtos. Se essa incerteza persistir na entrada do segundo semestre, isso começa a gerar problemas de distribuição e pode gerar efeito negativo na dinâmica de exportação."

 

Fonte: Broadcast Agro (Agência Estado) e IEG FNP

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações

Informa Economics IEG | FNP

Rua Bela Cintra, 967, 11º. Andar - CEP: 01415-000 São Paulo/SP - Brasil
Tel.: + 55 11 4504-1414 / 3017-6800 Fax: + 55 11 4504-1411